Trindade conta com atividades na semana Mundial de Aleitamento Materno

Trindade sediará III projeto do Ensino Infantil “Somos Todos Parte da Mesma História”
3 de agosto de 2015
Participação expressiva de pais e alunos no 3º Projeto do Ensino Infantil em Trindade
5 de agosto de 2015

Trindade conta com atividades na semana Mundial de Aleitamento Materno

DSC_0045Amamentação “Um Gesto de Amor”

(De 01 a 07 de agosto)

Diversas atividades de conscientização estão ocorrendo durante a semana em Trindade em todas as Unidades Básicas de Saúde da Família, na semana Mundial da Amamentação. A Campanha estimula o aleitamento até o bebê completar um ano.

Na manhã de hoje (04) na Unidade de Saúde do povoado da Mangueira as mamães gestantes e as que já estão no processo de amamentação receberam palestras com orientações específicas sobre amamentação, exemplos corretos de atividades físicas, camisetas e kit alimentar.

A campanha lembra os benefícios do aleitamento materno e estimula as mães a continuar amamentando mesmo depois de voltar ao trabalho ou atividades do dia a dia.

De acordo com a coordenadora de Atenção Básica Municipal Elisângela Alves, a Secretaria de Saúde estará intensificando esta campanha na zona rural por ser o local em que as gestantes menos estão utilizando os serviços de saúde.

“Nossa preocupação hoje está com as mães e até mesmo com as famílias da zona rural, a comunidade que mora na cidade utilizam mais os postos de saúde, mas, infelizmente as famílias que moram nos sítios e povoados não tem buscado com frequência os serviços e quero destacar que esta gestão fez com todo cuidado as reformas dos PSF’s, que nelas contam com médicos, enfermeiras, ginecologistas, vacinas, serviços de odontologia, todo acompanhamento para as gestantes e após o nascimento do bebê, Agentes de Saúde, entre outros serviços, isso tudo é para vocês, então usem quando precisar de cuidados com sua saúde, vão ao posto de saúde mais próximo da sua casa”, frisou.

DSC_0035

A equipe disponível para os trabalhos desta manhã, neste posto, contou ainda com a psicóloga Dra. Flávia Queiroz, fisioterapeuta Dr. Wagner, a Educadora Física Luana Delmondes, a Assistente Social Síntia Gabriela, a coordenadora da Saúde Bucal Dra. Carla Geisha e toda equipe da Unidade da Mangueira.

Um Levantamento do Ministério da Saúde mostra que apenas 66% das mulheres que trabalham conseguem manter a amamentação até a criança completar um ano.

Para a mãe Beatriz uma dúvida muito comum entre as mães, principalmente as de primeira viagem, é como amamentar o bebê. “É melhor criar uma rotina, acordar o nenê de três em três horas, ou deixar livre, esperar que ele peça?”, perguntou.

Durante a palestra a Assistente Social respondeu o questionamento e disse que no primeiro mês é importante não dar intervalos muito longos e esperar, no máximo, quatro horas.

Sintia explica que depois esse espaço pode ser maior: “Cada bebê tem sua necessidade, cada bebê tem seu ritmo de sono. Então, não adianta a gente acordar o bebê para botar no peito, porque às vezes não era a necessidade fisiológica dele naquele momento’.

Da Assessoria de Imprensa – Prefeitura de Trindade