Prefeito de Trindade recebe das mãos da presidente Dilma chaves de três ônibus escolares

EXPOGESSO – Trindade de braços abertos!
12 de abril de 2013
Secretário de Educação de Trindade Juka Sá destaca-se no fórum da UNDIME em Recife
12 de abril de 2013

Prefeito de Trindade recebe das mãos da presidente Dilma chaves de três ônibus escolares

O Prefeito de Trindade Dr. Everton Costa (PR) esteve ontem (25) na cidade de Serra Talhada acompanhado do secretário de Educação – Juca Sá, Secretário de Obras – Lamarth Piancó e dos vereadores, Ubirajara Araripe (presidente da Câmara) Kilon Alencar e Everaldo (Lambú) em agenda com a presidente Dilma Rousseff pelo sertão pernambucano.
O prefeito recebeu das mãos da presidente as chaves de 03 ônibus escolares para proporcionar qualidade e bem estar aos estudantes da zona rural, além disso, a presidente citou que cidades com 50 mil habitantes será destinada uma caçamba, uma moto niveladora e uma patrol. De acordo com o prefeito, o discurso da presidente foi mais adiante. “Além da nossa alegria de receber das mãos da presidente 03 chaves de ônibus escolares, proporcionando melhorias para o trajeto dos nossos estudantes da zona rural até sua escola, Dilma deixou claro também que todos os municípios do semiárido será contemplado com este quite, independente dos 50 mil habitantes  reconhecendo a necessidade do nosso povo sertanejo”, declarou o executivo de Trindade.
Para poder abastecer o Araripe pernambucano foi anunciado uma ferrovia ligando Parnamirim, no Sertão, passando em Petrolina até Salvador, na Bahia. A linha se integrar à Ferrovia Transnordestina, disponibilizando mais emprego e renda para quem precisa.
Em seu discurso, a presidente Dilma enalteceu o Estado e falou do crescimento político e econômico.  “Pernambuco é um novo Pernambuco nos últimos dez anos. O governador tem um grande papel nisso, mas sem dúvida o governo federal, tanto na minha gestão, quanto na de Lula, também. Aqui conseguimos que a economia crescesse e a indústria aumentasse a sua presença”, declarou. A presidente fez questão, ainda, de fornecer cifras: “Aqui, nos botamos R$ 60 bilhões. O governo coloca não só na forma de orçamento da União, como na forma de financiamentos”, enfatizou, classificando o volume como extraordinário.
A presidente Dilma aproveitou, ainda, para fazer promessas e mandar recados a críticos de atrasos em obras e ações federais.  Uma delas é a Refinaria Abreu e Lima. “Tem gente que fala que não vai sair a refinaria. São aves de mau agouro que estão erradas porque nós vamos fazer a refinaria”. Outro exemplo a distribuição de milho para os agricultores. “O governo federal vai garantir milho. Se tiver que importar milho, vai importar”, proferiu.
Com informações do Diário de Pernambuco / Foto: Roberto Stuckert Filho/PR e Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Trindade.