A cidade de Trindade ganha a ONG Capoeira

Prefeito de Trindade cumpri agenda de atendimento ao público
12 de abril de 2013
3ª PEGA DE BOI EM TRINDADE CONTOU COM MUITOS VAQUEIROS
12 de abril de 2013

A cidade de Trindade ganha a ONG Capoeira

Foi criado no último sábado (06) na cidade de Trindade a ONG CAPOEIRA (Centro de Apoio a Organização e Execução Integrada e Revitalização Alternativa). A solenidade de posse contou com a presença do Prefeito Dr. Everton Costa (PR), vice-prefeito Jaécio Sá, dos vereadores, Alan Galdino e Thayse Cunha, dos secretários de Agricultura Tony e de Educação Juka Sá, entre outros seguimentos e associações de Trindade.
Este órgão já existe em outras cidades da região bem como Araripina com o Chapada e Ouricuri com o Catinga. A finalidade da ONG é de agregar as Associações onde terá um Corpo Técnico dentro da ONG Capoeira para trabalhar as políticas públicas com tecnologia, sobretudo tentar mostrar ao Polo Gesseiro que há saída para o problema que vem assolando esse setor, através do trabalho que será desenvolvido pelo Capoeira.
Um dos principais pontos que serão focados pela ONG de Trindade será Educação Ambiental, onde na verdade é um tabu no âmbito nacional e a Capoeira quer ser parceira das empresas que poluem e degradam a natureza, de acordo com o Diretor presidente Jonas Alves Coelho que foi eleito para conduzir a ONG CAPOEIRA,  “os apicultores que muitas vezes pensamos que eles não agridem o meio ambiente, mas degrada, e a Capoeira terá essa missão de ser parceira dos apicultores para a orientação”, disse. A ONG estará também buscando trabalhar com órgãos federais, estadual e internacional onde estará mostrando a realidade em que se encontra o sertão nordestino que sofre com as grandes estiagens.
O presidente acrescentou ainda que “a agricultura não governamental tem tido um sustentáculo por parte dos governos federal e estadual, mas por parte da natureza  está realmente caótica, decadente, pois a agricultura precisa de água para sua funcionalidade e isso não temos, o Sertão tem sim um solo fértil, mas não tem o líquido precioso, se o Canal do Sertão existisse quebraria todos esses tabus e como não tem o Canal por enquanto a única esperança é esperar por Deus e que caia água do céu”, finalizou o presidente da ONG Jonas Alves.
O prefeito Dr. Everton Costa em seu discurso, disse que estava muito contente com a criação da ONG Capoeira, pois é de interesse da Prefeitura Municipal trabalhar em conjunto com as entidades organizadas para desenvolver os trabalhos do setor da Agricultura Familiar, melhorando ainda mais a vida dos trindadenses. “É do campo que sai o alimento para todos aqueles que residem na cidade, estou pronto para ser parceiro e ajudar a desenvolver uma forma para que cada comunidade rural desenvolva os frutos e vegetais para que a prefeitura possa comprar esses produtos a ser consumidos pelos alunos de cada comunidade das escolas do município através da Secretaria de Educação, melhorando a renda dos agricultores e fazendo circular recursos de sustentabilidade familiar para o homem do campo” finalizou o executivo municipal.