Trindade realiza mês de Campanha preventiva contra DSTs e Aids – Trindade – PE

Trindade realiza mês de Campanha preventiva contra DSTs e Aids

Trindade realiza mês de Campanha preventiva contra DSTs e Aids

Desde a terça-feira (05), a prevenção às doenças sexualmente transmissíveis e à Aids tem sido o tema de discussão entre jovens em diversas escolas de ensino médio e fundamental do município de Trindade. O lançamento da ação conjunta do Programa Nacional DST/Aids do Ministério da Saúde e a Secretaria de Saúde de Trindade, por meio do Núcleo de Promoção a Saúde (NPS) está realizando o mês da Campanha Promoção a Saúde.

Iniciando pelas escolas Antônio Apolinário e Osvaldo Cruz, com palestras de orientações sobre os temas abordados e a oportunidade de tirar dúvidas, além da entrega de kit’s e folders. A mobilização é uma integração com o Projeto Saúde e Prevenção nas Escolas, que conta com a participação de profissionais da saúde, Nasf, parcerias com a Coordenadoria da Mulher, Lions e Léo Club, do qual também acontecerão nos PSF’s e pontos estratégicos da cidade e povoados.

Trindade é um dos primeiros municípios da região a implantar a mobilização, que foi realizada em caráter piloto no Estado de Pernambuco.

“Alunos das escolas de ensino médio tiveram serviços de referência em testagem e tratamento do HIV, conhecimentos sobre a utilização de critérios para avaliar sua vulnerabilidade à infecção pelo HIV e sífilis. Os jovens puderam fazer o teste na escola com profissionais gabaritados, eles receberam também folhetos explicativos sobre a doença“, disse a secretária de Saúde Dra Conceição Barros.

Prevenção

Atualmente, 15% dos casos notificados de Aids ocorrem em jovens até 24 anos, sendo que 64% da transmissão do vírus HIV na faixa de 13 a 24 anos é por via sexual. Entre 1980 e 2006, mais de 33% dos casos notificados no Brasil estão na faixa até 29 anos. Considerando que a média de incubação do vírus é de oito a dez anos, a infecção está ocorrendo justamente na faixa dos adolescentes.

Segundo resultados de pesquisa divulgada em fevereiro sobre o projeto Saúde e Prevenção nas Escolas, 65,4 % dos estudantes, 51,9% dos pais e 48,4 % dos professores já participaram de palestras sobre o tema, uma das atividades que fazem parte do trabalho de prevenção desenvolvido nas escolas.